Mais velocidade com Varnish Cache

Update: o serviço Plataforma de Hospedagem foi atualizado para Hospedagem de Sites em Cloud. Portanto, algumas informações desse artigo podem não ter aplicação no novo serviço.

Varnish Cache CentralServer
A partir de hoje (28/05/15), os planos das plataformas PHP e JVM/Java (Pack I e II) passam a contar com os benefícios do Varnish Cache, sem necessidade de instalação ou configuração da ferramenta e sem custo adicional.

Trata-se de uma melhoria que foi possibilitada pelas características da recém-lançada Plataforma de Hospedagem de Sites da CentralServer.

O Varnish armazena em memória (cache) uma cópia de arquivos com conteúdos estáticos, como imagens, vídeos e arquivos HTML/CSS/JS. E sempre que ocorre um novo acesso ao site, os arquivos solicitados que estiverem armazenados no cache do Varnish são enviados imediatamente. Somente os arquivos que não estiverem em cache serão carregados a partir do servidor web.

Os benefícios que o seu site ou aplicação já estão usufruindo são:

Aceleração no carregamento de páginas.

Aceleração do carregamento das páginas

A entrega dos conteúdos é muito mais rápida. Em casos de sites, blogs ou aplicações com grande quantidade de imagens, vídeos e textos, o Varnish pode acelerar o tempo de resposta centenas de vezes.

Economia de recursos no processamento Economia de recursos de processamento
Ao armazenar as informações mais acessadas em cache, o Varnish torna desnecessário que o servidor consulte e processe o conteúdo cada vez que for requisitado.
Melhor experiência ao usuário Melhor experiência do usuário
A maior parte dos visitantes não espera mais do que poucos segundos para o carregamento de uma página. Isso reflete em uma melhor experiência de navegação, permitindo que o usuário visite mais páginas, o que reduz a taxa de rejeição.
Contribuição com melhorias no SEO Mais chances do seu site ficar bem posicionado nos resultados de busca
Sites com menor tempo de carregamento são privilegiados por mecanismos de buscas – como o Google – ao exibir os resultados de pesquisas.

Clique aqui para conhecer as extensões de arquivos armazenados e o respectivo tempo de permanência no cache.

 

 

Gostou desse conteúdo?

Fique atualizado recebendo gratuitamente nossos artigos diretamente no seu email

(Visualizado 270 vezes, 1 vezes visualizado hoje)