Transformação digital: ameaça ou oportunidade para crescer?

Transformação digital: ameaça ou oportunidade para crescer?

As mudanças radicais promovidas pelo surgimento de novas tecnologias e impulsionadas pela Indústria 4.0 geram grandes oportunidades de negócios. Portanto, gestores estão bem atentos a estas alterações para tirar o máximo proveito a fim de impulsionar o crescimento de sua empresa.

O objetivo deste artigo é ajudar você a entender a dinâmica das evoluções tecnológicas e enxergar a transformação digital como uma chance de aprimorar o seu negócio.

Continue a leitura para conhecer as principais estratégias para se adaptar à nova realidade e assumir o papel de protagonista no mercado. Vamos lá?

Afinal, o que é transformação digital?

Em primeiro lugar, é importante entendermos exatamente o que é transformação digital. O conceito é bem amplo e vai muito além da simples automação de processos ou do uso de novas tecnologias.

Trata-se do surgimento de inovações que se estendem para a cultura empresarial, influenciando do lançamento de produtos ao modelo de negócios.

Nesse contexto, também vale falar sobre disrupção. Essa é uma concepção que expressa a mudança experienciada pelo mercado com o surgimento de novos modelos de negócios que, apoiados nas novidades tecnológicas, não seguem as normas convencionais do mercado.

Uber e Airbnb, por exemplo, mudaram o foco dos serviços do mundo físico para o virtual e o mobile. Isso foi suficiente para sacudir o mercado global de transporte e de estadia.

Mercado de produtos

Com a transformação digital, o mercado de produtos tende a mudar bastante. Isso se dá graças à chamada “desmaterialização”, em que vários produtos físicos são substituídos por alguma solução tecnológica disruptiva.

É o caso do smartphones, que transformaram dispositivos como câmeras digitais e gravadores em peças de museu. Em contrapartida, esses aparelhos criaram um mercado imenso de aplicativos.

Parte das startups mais famosas e valiosas dos últimos anos surgiram como apps. Uber, Snapchat e Instagram são exemplos disso.

Perceba que o ambiente de negócios continuou favorável e cheio de oportunidades, mas é preciso se adaptar rapidamente às mudanças.

Então, a primeira grande dica é: para encarar a transformação digital, habitue-se rápido ao novo ambiente de negócios que ela pode gerar.

Quais são as ameaças para empresas que não acompanharem a transformação digital?

Desafio é o que não falta aos empresários em tempos de inovação tecnológica. A seguir, vamos abordar quais são os principais riscos advindos desse fenômeno e quais estratégias você deve adotar para driblar as dificuldades, aprimorar seu negócio e seguir competitivo no mercado:

Risco 1: ser ultrapassado por uma empresa de pequeno iniciante

Uma das características da transformação digital é que ela favorece pequenas empresas ou empreendedores iniciantes. Isso porque ambientes corporativos mais simples e ágeis são capazes de perceber as mudanças do mercado mais rapidamente e encontrar o melhor caminho para crescer.

Por outro lado, companhias consolidadas podem demorar a reagir e, quando percebem, aquela startup se tornou mais rentável do que grandes corporações.

Por isso, é importante manter profissionais antenados a estas mudanças, independente do porte de sua empresa. Para isso, algumas empresas investem em startups inovadoras de seu segmento ou chegam a criar seu próprio empreendimento paralelo. Com isso, mantém equipes independentes, pequenas e dinâmicas para acompanhar as mudanças de mercado.

Risco 2: ficar preso a tecnologias obsoletas

Imagine a seguinte história: você compra novos computadores para sua companhia e, em menos de dois anos, percebe que estão todos obsoletos.

A revolução digital promove esse tipo de situação. Os equipamentos e softwares que parecem modernos hoje rapidamente se tornam ultrapassados — isso gera custos extras e pode comprometer a produtividade da empresa.

A dica aqui é evitar adquirir infraestrutura muito cara ou robusta. Atualmente, a tendência é substituir a compra de softwares ou servidores tradicionais por serviços de computação em nuvem. Nessa modalidade, a infraestrutura é toda remota e instalada em sistemas robustos e o provedor do serviço fica responsável por acompanhar as evoluções tecnológicas da área. Por isso, é fundamental escolher um parceiro alinhado com a transformação digital.

O cloud computing oferece ao cliente a alternativa de contratar os serviços por meio de pagamento mensal e com flexibilidade nos valores, além de permitir o aumento da capacidade de armazenamento na medida em que o negócio cresce (escalabilidade).

Essa dinâmica também simplifica a gestão dos recursos e dá visibilidade às informações, para suportar tomadas de decisões estratégicas da empresa.

Risco 3: não entender as novas demandas dos clientes

A transformação digital também influencia os desejos e as demandas dos clientes. Se perceberem que estão aparecendo produtos mais inovadores no mercado, podem optar em assinar contrato com a sua mais nova concorrente.

O perigo é você não perceber essa mudança no perfil do consumidor. Lembre-se da indústria da moda: a cada estação, as empresas lançam novas peças e estão sempre atentas às mudanças de comportamento do público.

Preste bastante atenção especialmente naquelas novidades que envolvem o seu setor. Se sua companhia atua no sistema financeiro, por exemplo, informe-se sobre as Fintechs, empresas de tecnologia que estão revolucionando o setor e têm muito a ensinar sobre o futuro dos bancos.

Você não precisa ser uma startup para pensar como uma. Mesmo que seu negócio já seja consolidado no mercado, comporte-se como uma empresa pequena. Vá a encontros ou congressos e participe de grupos de discussões online. Esses são bons locais para ficar bem informado das novidades que estão surgindo. Mas não deixe de buscar também a inovação em lugares novos e diversificados, para ampliar suas fontes e lançar um novo olhar sobre as coisas comuns.

Percebeu como as mudanças provocadas pela transformação digital podem beneficiar a você e sua empresa? Fique atento ao mercado e siga as dicas abordadas neste artigo. E não se esqueça de compartilhar este conteúdo nas redes sociais!

Gostou desse conteúdo?

Fique atualizado recebendo gratuitamente nossos artigos diretamente no seu email

Também pode lhe interessar

x

Peraí... Você segue uma rotina de backup confiável?

Saiba como manter seus dados seguros, acessíveis e íntegros.

Acesse aqui o seu Guia prático!